Uma Segunda-feira diferente

Uma Segunda-feira diferente

Apesar de ter uma câmera perfeita para gravar e fotografar, eu ainda não tinha parado para entendê-la melhor e treinar um pouco de fotografia. Segunda-feira não era um dia muito bom pra mim, havia dormido mal por causa alguns problemas, mesmo assim, eu e uma amiga fotógrafa que se propôs a me ensinar, fomos a Paulista.

Pra mim ainda é muito estranho e ao mesmo tempo incrível embarcar nesse mundo da fotografia. Observar os mesmos lugares que passei inúmeras vezes prestando atenção em cada detalhe para absorver o que há de melhor para ser registrado, a singularidade de cada pessoa em foco e saber que nem sempre o primeiro clique será o melhor.

Eu gosto de observar as pessoas e os lugares, perceber sentimentos e sentidos no que vejo, além de que não há nada melhor que registra-los. Uma foto tem a capacidade de capturar mais do que apenas uma imagem, ela reverbera ao passar do anos aquele conjunto de beleza, sentimentos e acontecimentos. Sempre falo para o meu namorado que na nossa casa, vou reservar uma parede inteira só para encher de fotografias de todos os momentos que passarmos juntos.</div>

Eu gosto de registrar conquistas, esperanças, alegrias, sentimentos e tudo que me faça lembrar que os momentos difíceis não vão apagar esses momentos. Todas as fotos desse dia são importantes para mim, mas a última, fala mais do que qualquer texto ou vídeo que eu possa criar.

Lika

Related